INSCRIÇÃO DE TRABALHOS CIENTíFICOS A SEREM APRESENTADOS NO XI EMME

 

        Convidamos os Magnetizadores e estudiosos do Magnetismo Humano que tenham realizado pesquisa(s) em tratamento(s), trabalhos ou estudos aprofundados, que sejam relevantes e de interesse do Magnetismo, e que queiram apresentá-lo(s) na forma de palestra ou painéis (banners) no XI EMME. Para tanto deverão observar as seguintes normas:

 

1. Os candidatos à apresentação de temas deverão se inscrever através do e-mail encontromagnetizadores@gmail.com e ENVIAR UM RESUMO dos respectivos trabalhos, no PRAZO LIMITE DE ATÉ 90 (NOVENTA) DIAS antes da realização do evento, ou seja, até o dia 20 de janeiro de 2018. Esse prazo será comprovado mediante carimbo do correio ou registro eletrônico cabível.  Estarão abertas as inscrições para a apresentação de trabalhos no período de 09/10/2017 a 20/01/2018. INSCRIÇÕES DE TRABALHOS ENCERRAR-SE-ÃO IMPRETERIVELMENTE EM 20 DE JANEIRO DE 2018.

 

2. Como forma de orientação geral os trabalhos, estes devem conter: justificativa, identificação, queixa principal, história da patologia atual, resumo laboratorial, breve exposição sobre a doença em foco, protocolo, o que foi realizado (técnicas) do ponto de vista do magnetismo, evolução do tratamento (curou, melhorou, piorou, inalterado), como ficou ou está após o procedimento, considerações finais e referências.

 

3. O resumo do que for enviado será analisado pelo Conselho Administrativo Permanente do EMME e, tendo o trabalho aprovado, o candidato será informado em tempo hábil para preparar sua apresentação. O Conselho Administrativo poderá indicar ou sugerir ajustes julgados necessários QUE DEVERÃO INTEGRAR A VERSÃO FINAL DO TRABALHO A SER APRESENTADO.

4. O expositor/palestrante deverá assinar um Termo de Autorização de uso de imagem, voz e nome, autorizando o direito de divulgação por meios eletrônicos, físicos e visuais de sua(s) apresentação(ões). Este Termo será enviado juntamente com a confirmação da inscrição e deverá ser impresso, assinado, reconhecida a firma das assinaturas em cartório, digitalizada e remetida à organização do evento. O original deverá ser entregue à Organização em Recife, antes se sua exposição.

5. É expressamente vetada qualquer apresentação de trabalho, pesquisa, práticas, fazer demonstrações, exibições e projetos nas dependências do EMME, sem que antes tenham sido analisados e aprovados pelo Conselho Administrativo.

6. Sobre as apresentações em banner (painéis): os trabalhos serão montados em painéis especialmente dispostos para este fim, devendo cada banner ocupar uma área prevista de 1m de altura por 0,9 m de largura. As letras devem ser de tamanho suficiente para que sejam legíveis a uma distância mínima de aproximadamente 1 metro. O (s) Autor (es) deverá (ão) permanecer próximo (s) dos mesmos para prestar os esclarecimentos necessários.

7. Apresentação oral: o apresentador, quando de sua inscrição, deverá indicar o tempo que julgar necessário para sua explanação. Esse tempo de exposição poderá sofrer modificação para se ajustar à grade do evento. Será disponibilizado um equipamento de multimídia (CPU e projetor), com Microsoft Power Point.

 

REGRAS SOBRE USO DE SOFTWARES TIPO POWER POINT E/OU SIMILARES

 

              A COORDENAÇÃO GERAL dos EMMEs elaborou este documento para orientar às pessoas e/ou instituições que pretendam apresentar trabalhos/temas nos EMMEs fazendo uso de softwares como o Power Point e/ou similares.

          Se você pretende apresentar algum trabalho/caso no EMME, siga as instruções abaixo, pois não serão aceitos trabalhos com apresentações fora do que aqui está exposto, notadamente o que prevê o último item.

================================================================

 

Aqui estão algumas dicas iniciais, as quais são fundamentais e, por isso, precisam ser entendidas logo de saída:

1- Power point é uma ferramenta que surgiu no intuito favorecer a uma melhor comunicação daquilo que se tem a dizer/apresentar – mas que não substitui você.

2- Não se trata de se fazer uma listagem ou rol, mas de apresentar algo de forma eficiente.

3- Use-o para comunicar, mas também para emocionar e/ou entusiasmar. Lógica é fundamental e emoção é essencial; use-as.

4- Se possível ofereça um gran finale, contribuindo para que os textos e imagens fiquem bem registrados na memória de quem assiste.

5- Quem melhor vai analisar sua apresentação será o público, portanto pense nele antes de “fechar” sua apresentação.

7- Cada apresentação é uma “negociação”. Seja convincente, porém não agressivo.

8- Os diapositivos (slides) devem complementar o que você fala/apresenta e não apenas repetir ou ser lido.

ATENÇÃO: Atualmente existem muitos programas que fazem o que o power point produz e esses novos programas usam tecnologias diferentes. Nem sempre a Coordenadoria local dos EMMEs dispõe desses programas/softwares, portanto deve ser avisado com antecedência qual programa irá usar e saber se haverá ou não disponibilidade do mesmo no evento.

 

CUIDADOS VALIOSOS

1- Tudo que é bom começa com um bom planejamento; depois vem sequência lógica, funcional e que chame à atenção positivamente.

2- Cada slide deve destacar um ponto de relevância.

3- Tenha em mãos anotações/cartões com itens que você não pode esquecer de abordar.

4- Para fazer perdurar sua apresentação e manter o foco da assistência prepare resumos de suas falas e distribua-as ao final, avisando que vai fazê-lo; isso evita que fiquem copiando falas e slides e não percam a atenção.

5- Não faça de sua apresentação uma pirotecnia, pois não funciona bem.

6- Reduza ao máximo os chamados “efeitos especiais”.

7- Não deixe passar erros de português.

8- Lembre-se: sua plateia lerá seus diapositivos antes de você.

9- Considere o tempo de 2 minutos para cada diapositivo.

 

PARTE TÉCNICA DOS SLIDES

1- Escreva o mínimo possível de palavras; textos longos reduzem a atenção. Mas se precisar usar textos maiores, subdivida-os em outros diapositivos.

2- As letras/fontes devem observar tamanhos mínimos - lembre-se que em grandes auditórios as pessoas que estão ao fundo também precisam ler o que estiver sendo projetado. Este é um padrão básico sugerido:

 

3- Use fotos e/ou imagens de boa qualidade e boa resolução. Evite fotos amadoras e as pequenas.

4- Se for apresentar tabelas/gráficos torne-os visíveis e legíveis à distância.

5- Só use efeitos sonoros se for imprescindível.

6- Querendo utilizar vídeos insira-os no power point evitando deixá-los no CD/DVD ou em outras mídias externas. Caso não saiba como fazê-lo leve o vídeo no formato mp4 ou AVI, em pen-drive ou em endereço de alguma nuvem, com a antecedência devida.

7- Na montagem do diapositivo favoreça o lado esquerdo sobre o direito; a parte superior sobre a inferior.

8- Evite fundos confusos ou que embaralhem os textos.

9- Procure manter um padrão equilibrado e uniforme na confecção dos diapositivos. Isto demonstra organização, cuidado e equilíbrio.

 

COMUNICAÇÃO DAS CORES

a- Tons suaves de fundo melhoram a visibilidade;

b- Cores claras exprimem alegria; Cores escuras exprimem tristeza;

c- Cores quentes são as vermelho, amarelo, laranja e castanho;

d- As cores frias são azul, verde e violeta;

e- As cores parecem mais escuras sobre um fundo claro e, vice-versa.

f- Evite os seguintes contrastes, pois são ruins: vermelho com verde; azul com amarelo; verde com azul; vermelho com azul.

g- Contrastes que resultam bem são: preto sobre branco; preto sobre amarelo; vermelho sobre branco; verde sobre branco; branco sobre vermelho; amarelo sobre preto; branco sobre azul; branco sobre verde; vermelho sobre amarelo; azul claro sobre preto; branco sobre preto; verde sobre vermelho.

h- Nunca use mais de 7 cores num diapositivo.

CUIDADO: o que você vê no seu monitor nem sempre é o que aparecerá projetado, pois vários fatores podem alterar o visual, como a qualidade do projetor, a quantidade de lumens da lâmpada, o fundo onde está sendo projetado e a intensidade luminosa do ambiente.

 

REGRAS DE UTILIZAÇÃO

1- Tudo o que não esteja relacionado com o tema deve ser removido.

2- Longos textos e/ou muitas imagens num mesmo diapositivo prejudicam a exposição.

3- Evite muitos efeitos de animação do texto e das imagens.

4- Regra importante: fale com o público e não com a tela ou o computador.

5- Estruturar os diapositivos de acordo com as ideias.

6- Evitar acender e apagar as luzes.

7- Não se colocar à frente da tela, mas cruze-a com frequência.

8- Preparar sua apresentação antecipadamente, medindo o tempo que será usado.

 

TIPOS DE LETRAS

1- O tipo de letra (fonte) deve ser legível e agradável de ler – letras muito rebuscada costuma tirar o foco do essencial. As ideais são: Arial, Verdana ou Times New Roman

2- Respeite o limite de 1cm para as margens.

3- Use negrito ou cores de fundo para aumentar o contraste.

4- Evite sublinhados.

 

PADRÃO PARA O EMME

1- Evitaremos um padrão único (diapositivos mestres) para todas as exposições, mas é essencial que cada apresentação, no seu primeiro diapositivo, traga de forma legível e visível:

- O EMME a que se refere (o próximo será o 11º)

- O local e a data onde será realizado

- O título da apresentação

- E o nome do apresentador (pessoa ou instituição).

2- Embora não seja obrigatório, se houver como colocar em cada diapositivo a logo do EMME será interessante.

3- No último diapositivo deverá constar dados do apresentador a fim de facilitar o contato com os interessados.

4- Se alguma foto ou dado for extraído de alguma obra ou site, apontar os créditos devidos.

5- Relembrando: Querendo utilizar vídeos insira-os no power point evitando deixá-los no CD/DVD ou em outras mídias externas. Caso não saiba como fazê-lo leve o vídeo no formato mp4 ou AVI, em pen-drive ou em endereço em alguma nuvem, com a antecedência devida.

 

_________________________________________

Jacob Melo
pela Coordenação Geral do EMME

 

CONTATO



encontromagnetizadores@gmail.com

REDE SOCIAIS

LOCALIZAÇÃO

EMME - Encontro Mundial de Magnetizadores Espiritas © 2015 Todos os Direitos Reservados
Klsdesigner